quarta-feira, outubro 18, 2006

Fogo... como o verde é bonito..

Por vezes só nos apercebemos do valor das coisas quando as perdemos..
Tudo tem que ser continuamente cuidado.. a àrvore tem que ser regada.. o quarto que ser limpo.. a corrente oleada.. e também o amor e a amizade têm que ser constantemente adubados pra continuarem a crescer, florescer e a manterem-se verdes.. não basta dizer que somos amigos.. que amamos.. é preciso demonstra-lo..
Esta fotografia foi tirada no concelho da Sertã este Verão (2006) enquanto fazia Geocaching com uns amigos.. Impressionante o contraste.. Triste não acham?

3 comentários:

Bia disse...

Triste sem dúvida... mas o principal dessa tristeza é "só nos apercebermos do valor das coisas quando as perdemos..." e fizeste o "link" perfeito entre a paisagem queimada e os sentimentos que também se podem apagar se não forem tratados convenientemente...
Conheces aquela canção da Ivete sangalo? "como se eu fosse flôr você me cheira...
como se eu fosse flor você me rega..." é a Vida!

Isabel Casa Nova disse...

Infelizmente já vivi bem de perto este atentado à Natureza, e aprendi algo de novo... sei o que é "sentir" a devastação e a impotência de nada poder fazer para a contrariar... já foi há 2 anos, mas sinto-o como se fosse hoje...
Esta excelente imagem consegue mostrar o antes e o depois... De um lado, a vida, a cor, o ar... Do outro, a morte, o preto, o fumo...
Que para o ano a foto seja apenas de um dos lados... verde esperança!!;)

Purple_Su disse...

sinto dor física com a destruição da natureza e o abandono dos animais...